A Genética do Esporte - Como A Biologia Determina a Alta Performance Esportiva

Neste primeiro livro, David Epstein dissipa muitas de nossas convicções sobre as origens da excelência dos atletas de ponta e mostra por que determinadas habilidades que presumimos inatas - tais como a velocidade de reação dos batedores de beisebol ou críquete, rápidos como um raio - na verdade não são, ao passo que outras características que supomos serem inteiramente voluntárias - como a vontade do atleta de treinar - podem, a rigor, depender de componentes genéticos.
Mais Informações

R$ 81,90

em até 4x sem juros


Comprar

Este tema requer, necessariamente, um mergulho em profundidade em pontos sensíveis como raça e gênero. Epstein explora questões controversas, como:
1) Os atletas negros são geneticamente predeterminados a dominar as corridas de curta e de longa distância? Suas habilidades sofrem alguma influência da geografia do continente africano?
2) Existem razões genéticas para separar atletas dos sexos masculino e feminino nas provas?
3) Deveríamos testar os genes das crianças ainda pequenas, a fim de descobrir se são destinadas ao estrelato?
4) Os testes genéticos podem determinar quem corre risco de lesão, dano cerebral ou mesmo morte em campo?
Por meio de relatóris de campo realizados abaixo da linha do Equador e acima do Círculo Polar Ártico, conversas reveladoras com cientistas de ponta e campeões olímpicos e entevistas com atletas portadores de mutações genéticas ou traços físicos raros, Epstein nos leva a repensar a própria natureza da prática esportiva.

Avaliações

Avaliação Média

Avaliar

Todos os direitos reservados. Copyright 2018.

Criado e desenvolvido por Chleba - Agência Digital :)